Fazer Compras É uma Forma de Conhecer Lisboa

Já pensou que, ao fazer compras, caminhar pelas ruas apreciando as fachadas das lojas e os produtos que estas nos oferecem, é uma forma diferente de conhecer uma cidade?

Fazer Compras É Uma Forma de Conhecer Lisboa

Aqui, em Lisboa, encontra de tudo um pouco, dos produtos tradicionais, às mais originais peças de design português, sem ainda esquecer a moda em todos os estilos.

O principal eixo da cidade, na ligação da Baixa às Amoreiras, é marcado pelas lojas dos estilistas internacionais mais prestigiados. As marcas populares internacionais estão presentes  por todo o lado, tanto na rua como nos centros comerciais onde se pode comprar ou fazer um pouco de tudo.

Mas a vivência da cidade passa muito pelo comércio tradicional. Estas lojas ocupam, em muitos casos, posição de relevância histórica pela sua localização, antiguidade ou pela estética que preservam. Assim, pelos produtos que comercializam ou simplesmente para admirar as suas fachadas e originais interiores, merecem uma visita atenta. O mais surpreendente é, terem o poder de nos transportar no tempo…

Com a getLISBON, fazer compras em Lisboa será uma experiência emocionante e enriquecedora.

Janeiro 13, 2021 getLISBON 2Comment

A torrefacção de cafés Flor da Selva é o espaço industrial histórico que hoje o convidamos a conhecer. Deixe-se envolver pelo seu intenso e perfumado aroma. A cultura do café é intrínseca à população da cidade de Lisboa. O forte hábito do seu consumo está presente nas inúmeras pastelarias e cafés, onde as “bicas” dão energia e coragem para enfrentar os dias e a qualquer hora acompanham doces e salgados ou  rematam refeições…   Os cafés históricos, locais de convívio e tertúlias dos intelectuais dos séculos passados, continuam hoje a ser muito frequentados por nacionais e estrangeiros e imprimem um certo…

Outubro 7, 2020 getLISBON

Latoaria Maciel, Saber-Fazer Com 7 Gerações fala-lhe de uma das lojas/oficina mais antigas de Lisboa. Aqui mantêm-se vivos o ofício artesanal tradicional português, o prestígio e o amor à arte. Conheça a sua história e como sobreviveu às dificuldades de uma actividade em extinção.  Se se lembra da Latoaria Maciel, antiga Casa Maciel, vai querer recordar e saber novas. Se não conhece tem de ficar a saber tudo! 200 Anos de História da Latoaria Maciel Lanterna em restauro A Latoaria Maciel conta com mais de 200 anos de história. Na sua apresentação é referido o ano de 1810, quando foi…

Julho 3, 2019 getLISBON

Neste post falamos-lhe da origem dos nomes das Chitas de Alcobaça – Colecção Elipas, designações e marca da autoria do Engº Elísio Sopas, e ainda de muitas outras curiosidades imperdíveis!No nosso artigo As Chitas de Alcobaça, uma Herança Cultural em Risco abordámos a história das chitas portuguesas e revelámos que apesar de denominada Alcobaça, a sua produção teve início no séc. XVIII nas regiões de Lisboa e do Porto.O presente texto decorre de um outro sobre as chitas de Alcobaça no séc. XX, onde lhe apresentámos o sr. Elísio Sopas, pioneiro na recuperação dos padrões Alcobaça, ao ousar voltar a…

Maio 29, 2019 getLISBON

Hoje revelamos-lhe factos que com certeza o irão surpreender e de que muitos nunca ouviram falar, a singular história das chitas de Alcobaça no séc. XX.Pensamos ser fundamental divulgá-la, não só pelo valor histórico, cultural e artístico destes tecidos, mas também porque a história dos dois responsáveis por ainda existir produção de padrões de Alcobaça merece ser conhecida.Após a publicação do nosso artigo As Chitas de Alcobaça, uma Herança Cultural em Risco, recebemos o contacto de uma das nossas seguidoras, manifestando satisfação por termos falado sobre este fantástico tecido português.Contou-nos então que a família de uma amiga sua esteve estreitamente…

Março 13, 2019 getLISBON

A Chita de Alcobaça é um tecido português, de algodão estampado muito expressivo e colorido. A razão do nome Alcobaça permanece um mistério uma vez que a sua produção nunca teve lugar nessa cidade.Sabia que um dos principais centros de produção das chitas era Lisboa?E que este produto resultou da globalização de há 500 anos iniciada com a chegada de Vasco da Gama à Índia, aliada à tardia industrialização de Portugal no final de setecentos?Ao trazer este tema pretendemos realçar este produto tradicional de utilização transversal a toda a sociedade, que já teve grande importância económica mas que actualmente carece…