Junho 30, 2021 getLISBON 2Comment

Hoje propomos-lhe explorar o fado Velha Tendinha, um tema que nos lança pistas sobre a população de Lisboa e as suas vivências que vale a pena observar. Após a realização do artigo A Tendinha, Velha Taberna nesta Lisboa Moderna era imperativo olhar com mais detalhe este célebre fado dos anos 30 que não se esgota numa homenagem a este então já antigo estabelecimento. Velha Tendinha da Revista Zé dos Pacatos Teatro Apolo in Occidente Março 1884; Coplas da revista Zé dos Pacatos; Hermínia Silva em 1939 O fado Velha Tendinha foi composto para um quadro da revista Zé dos Pacatos,…

Junho 23, 2021 getLISBON

O nosso convidado desta semana transborda poesia. Em Lisboa em Nós de Agnaldo Lima, este baiano radicado em Lisboa há cerca de 30 anos, revela-nos o seu olhar estrangeiro através das suas belas fotografias e o seu coração português através das suas palavras. Um olhar estrangeiro”Os passos, distribuindo rastos,adivinham o chão por onde se desenhame tornam-se cúmplices do olhar.O olhar desnuda a cidade,resgatando à luz,detalhes que o tempo esqueceu.Os passos são leves, calmos, não ligeiros.O olhar, minuciosamente, analisa,pois nada deve escapar a um olhar estrangeiro.”Agnaldo Lima Senti Lisboa em mim, pela primeira vez, em fevereiro de 1984. Após o meu…

Junho 16, 2021 getLISBON

A Tendinha deve ser o único estabelecimento comercial que anuncia ter menos tempo de existência do que na verdade tem. Porquê? Não sabemos, mas iremos revelar muitas outras curiosidades que vai gostar de conhecer.  A Tendinha Situada em pleno Rossio, junto ao Arco do Bandeira, como reza a canção Velha Tendinha, é um dos mais antigos estabelecimentos comerciais de Lisboa. Sobre a porta, no lugar onde outrora existiu uma janela, um painel de azulejos coloridos anuncia a data da fundação, 1840. No interior, mais azulejos a azul e branco reforçam esta informação… mas não é bem assim! Num anúncio publicitário…

Junho 9, 2021 getLISBON

Hoje contamos com o testemunho de uma atriz, encenadora, professora de Teatro Comunitário no mestrado da Escola Superior de Teatro e Cinema de Lisboa… Em Lisboa em Nós de Cláudia Andrade, esta cidadã activa fala-nos de como a sua relação afectiva com a cidade onde nasceu foi construída.  Talvez a minha relação com Lisboa se tenha iniciado com o meu nascimento, nesta cidade. Ou talvez não. E penso nisso porque me lembro daquela célebre frase da Simone de Beauvoir: “não se nasce mulher, torna-se mulher”. E penso que, de certa forma, o mesmo se passa com a minha relação com…

Junho 2, 2021 getLISBON

Neste artigo, sobre a presença do fado na arte urbana de Lisboa, vamos conhecer obras em que estes dois fenómenos culturais, profundamente urbanos, se aliam. O fado é celebrado por toda a cidade que o viu nascer: no museu que lhe é dedicado, nos tributos em sua homenagem, nas casas de fado dos bairros típicos, nas vozes dos muitos fadistas que levaram e levam esta sonoridade ao mundo… E claro, também está representado na street art que se tornou, há alguns anos, um dos ex-libris da capital. Vamos, então, conhecer o fado na arte urbana de Lisboa que seleccionámos para…