Outubro 28, 2020 getLISBON 2Comment

Amália Rodrigues (1920-1999) foi, talvez, a artista portuguesa com o legado mais importante para a história da música popular em Portugal no séc. XX. O seu contributo artístico foi determinante para o desenvolvimento e internacionalização do fado e é considerada por muitos como uma das suas melhores intérpretes. Como não podia deixar de ser, Amália Rodrigues cantou Lisboa. Em inúmeros fados a cidade é tema recorrente: Gaivota, Ai Lisboa, Lisboa à Noite, Lisboa Antiga, Ai Mouraria, Há Festa na Mouraria, Maria Lisboa, Madrugada de Alfama…  Mas também em marchas populares, tão célebres que até hoje todos as cantam na noite…

Julho 1, 2020 getLISBON

Se pensa que o Museu do Fado é um espaço vetusto onde apenas se guardam memórias de um passado distante, desengane-se! Aceite o nosso desafio e conheça um espaço museológico dinâmico, onde se exalta a história e, diariamente, se vive e celebra o universo do Fado e da guitarra portuguesa.No nosso artigo Fado, uma Sonoridade de Lisboa demos-lhe a nossa ideia sobre este hino ao sentimento tão lisboeta e tão português, que desde já o convidamos a re/ler. Museu do Fado O Museu dispõe de audioguias que permitem ouvir intérpretes do fado de ontem e de hoje Aberto ao público…

Novembro 27, 2019 getLISBON

Fado e saudade são as palavras do vocabulário português mais difíceis, senão impossíveis, de traduzir. Mas talvez as possamos explicar se considerarmos que fado se relaciona com destino e saudade com a nostalgia e tristeza provocada por uma ausência, no tempo ou no espaço.Estas definições de sentimentos tão complexos são dos temas mais presentes no fado, a música que se canta com acompanhamento de viola (guitarra clássica) e guitarra portuguesa, que foi elevada à categoria de Património Cultural e Imaterial da Humanidade pela UNESCO, em Novembro de 2011.De origens obscuras, mas seguramente, resultantes do cruzamento e fusão de diferentes culturas,…