Lisboa em Nós

Lisboa em Nós de MOAMI

Maio 12, 2021 getLISBON 0Comment
Home | Lisboa em Nós | Lisboa em Nós de MOAMI

Hoje a nossa convidada é uma artista urbana que nos marcou, particularmente, com a sua amabilidade. Em Lisboa em Nós de MOAMI,  esta criadora de sonhos encantados partilha connosco os seus sentimentos para com a cidade e o seu olhar neste tempo tão peculiar.

A minha relação com a cidade de Lisboa é de paixão… talvez aí esteja uma das infinitas razões da minha constante criatividade artística.

Antes da pandemia passava algumas horas do meu dia por semana a passear e caminhar pela cidade e posso dizer que conheço e tenho sempre tanto por descobrir quando estou a passear por ela.

O nascer e o pôr do sol têm um encanto sem igual e não consigo explicar só por palavras por ser algo que tem que ser visto, apreciado e sentido por cada pessoa que queira perder uns minutos do seu tempo.

Nestes dias, meses e ano de confinamento foi diferente ver a cidade, continua com a mesma luz mas já não está tão brilhante e vibrante como antes, sinto que a cidade envelheceu mais um pouco por ter sido obrigada a parar de viver os ruídos de outros tempos.

Já não tem aquele TOQUE, a feira da Ladra já não é tão “Ladra” como antes, o Adamastor continua a ter o lindo pôr do sol mas o movimento louco do povo está lento, a Bica está “Biquinha”, o Rossio está “Rossiozinho” e só a Ginjinha oferece sabor a quem se atreve a parar para mais um copo.

A Avenida que era tão rica de lojas, hoje está mais pobre de gente…

A minha Lisboa de outros tempos neste momento está CINZENTA, com pessoas mais tristes e sem tempo para apreciar o quanto a cidade é bela e maravilhosa mesmo estando parada.

…Talvez aí esteja realmente uma das infinitas razões da minha constante criatividade artística. Lisboeta de coração e alma mas não de gema!

Mural de MOAMI no Caracol da Graça
Mural de MOAMI no Caracol da Graça

Sem Trono

Tenho a idade das mulheres da minha terra…
tenho em mim a idade do embondeiro.

O makongo vem lá longe,
bem longe da vista de quem te quer cegar.

O machimbombo vem lento que se farta,
e não chego a horas a lado nenhum…

Vida ceifeira,
vida madrasta e sei lá mais o quê!!

Tenho a idade do vinho que não podes beber.
Tenho a idade lenta da caminhada de um caracol,
tenho em mim a idade do mundo e o sonho de alguém.

Autora: MOAMI (Stélvia Zamora)
Ano: 2021 (00:45/21-04-21)

Embondeiro/Imbondeiro – Árvore
Machimbombo – Autocarro ou camioneta
Makongo – Confusão

Lisboa em Nós de MOAMI
Mini apresentaçãoMoami, 36 anos, artista urbana, “Criadora de Sonhos encantados num mundo de pensamentos de papel”
Um local inspiradorMartim Moniz, Graça e Alfama
Uma visita imperdívelMosteiro dos Jerónimos e Museu do Centro Cultural Casapiano
Água na boca com…Bitoque e limonada sem açúcar
Uma música…Gaivota versão The Gift (Álbum Amália Hoje )
Primavera, The Gift
Não perca os nossos artigos | Subscreva

O projecto getLISBON tem sido muito gratificante. Queremos continuar a revelar singularidades da apaixonante cidade de Lisboa.

Ajude-nos a manter o projecto vivo!

Para isso, basta usar os links que disponibilizamos para fazer as suas reservas. Não lhe vai custar mais e para nós é uma grande ajuda!

• Encontre os melhores hotéis no Booking.com e usufrua dos 15% ou mais de desconto!
• Ou se preferir escolha entre a vasta oferta de hotéis, apartamento e villas da Accor Live Limitless
• Faça visitas guiadas e outros eventos culturais com a nossa parceira PEDDY+
• Se pretende uma experiência diferente, podemos elaborar um roteiro personalizado de acordo com os seus interesses. Fale connosco!
• Ou se prefere tours e outras actividades em vários destinos, faça a sua escolha na GetYourGuide
• Poupe tempo e dinheiro com o Lisboa Card!
Alugue uma viatura com a Autoeurope e conheça outras regiões de Portugal
• Veja também a vasta oferta de viagens da Agência Abreu

Siga-nos!

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *