Julho 25, 2018 getLISBON 2Comment

Verão, sol e férias não são necessariamente sinónimos de praia. Esta semana escolhemos visitar 5 parques e jardins para levar as crianças e apreciar a vista.

Lisboa é uma cidade que dispõe de muitas áreas verdes. Porque não aproveitar para conhecer algumas delas e desfrutar das panorâmicas que esta cidade das Sete Colinas nos proporciona?

O conceito de espaços verdes de uma cidade abrange todos os espaços urbanos onde existem espécies vegetais. Eles têm funções fundamentais: ecológica, lúdica e recreativa. São as manchas verdes que preservam a qualidade do ar, que oferecem aos visitantes áreas de lazer e recreio.

Entre os imensos jardins históricos, jardins botânicos, matas e tapadas, optámos por locais que apresentam vistas fabulosas e bons equipamentos de diversão para crianças, neste período de férias escolares.

Vamos então conhecer as nossas opções de parques e jardins para levar as crianças e apreciar a vista:

 

Parque Recreativo do Alto da Serafina

Parque Recreativo do Alto da Serafina

O Parque do Alto da Serafina foi inaugurado em 1992, ocupa uma área de cerca de 6 hectares e está inserido no Parque Florestal de Monsanto, a maior mancha verde da cidade de Lisboa, com cerca de 900 hectares de vastas áreas de mata diversificada.

Trata-se de um parque com muitos espaços variados e muito bem apetrechado de equipamentos lúdicos para crianças dos 2 aos 12 anos.

Inclui um circuito de condução infantil onde os mais pequenos podem andar com a sua bicicleta, trotinete ou patins aprendendo as regras básicas do trânsito. Mas se preferirem podem-se perder no labirinto ou aventurarem-se no Parque Aventura.

As tendas coloridas, logo ao lado, são uma atracção que marcaram a memória de todos, resultando na designação do parque, mais conhecida dos lisboetas, como Parque dos Índios.

Parque Recreativo do Alto da Serafina
Parque Recreativo do Alto da Serafina

Depois de muita brincadeira a fome desperta e é tempo para uma paragem. Pode fazer um piquenique nas zonas das merendas e nas áreas protegidas com sombra de árvores, ou então, uma refeição ligeira na cafetaria.

Parque Recreativo do Alto da Serafina

No final da visita não se pode ir embora sem apreciar a ampla vista sobre a cidade de Lisboa. Daqui avista-se o lado oriental do Vale de Alcântara, o Tejo com a Ponte 25 de Abril e a margem sul.

Localização/Entrada: Estrada da Serafina, Monsanto, Lisboa

 

Parque Recreativo dos Moinhos de Santana

Parque Recreativo dos Moinhos de Santana

Fica no Restelo, na zona ocidental de Lisboa, bem perto de alguns locais emblemáticos, como o Mosteiro dos Jerónimos, o Jardim Botânico Tropical e o Centro Cultural de Belém.

Este agradável e bem preservado parque foi inaugurado em 1997, ocupa uma área de cerca de 5 hectares, numa das encostas da Serra de Monsanto.

Destaca-se pela existência de dois moinhos do século XVIII edificados para as Freiras do Convento do Bom Sucesso. Foram adquiridos pela Câmara Municipal de Lisboa em 1942 e mais tarde restaurados e integrados no projecto de construção deste parque urbano.

Parque Recreativo dos Moinhos de Santana

Possui vários tipos de equipamentos para crianças e adultos, desde parque infantil, pista de skate, ringue de patinagem, circuito de manutenção, entre outros.

Este local dispõe ainda de áreas para piqueniques e parque de merendas. Há igualmente a opção de cafetaria para quem preferir não trazer o seu farnel.

Um lago com magníficos nenúfares completa o cenário.

Parque Recreativo dos Moinhos de Santana

Falta-nos apenas referir o deslumbrante panorama sobre Lisboa que pode ser apreciado junto dos moinhos. Daqui se avista toda a zona de Belém e o rio Tejo.

Já que estamos próximos de Belém, uns pastéis de nata não podem faltar. ☺

Localização/Entrada: Rua Tristão Vaz, Lisboa

 

Jardim da Cerca da Graça

Jardim da Cerca da Graça

Este jardim pode ser considerado uma jóia dentro de Lisboa. O visitante é surpreendido pela magnífica vista que vai do Castelo de São Jorge à Mouraria, com o Tejo, a Ponte 25 de Abril e o Cristo Rei como pano de fundo.

Ocupa uma área de 1,7 hectares e situa-se dentro da cerca do antigo Convento da Graça. Este jardim, inaugurado em 2015, resultou de um projecto de requalificação de uma parte da cerca.

A sua função fulcral para além de lúdica é a de ligação entre os bairros da Graça e da Mouraria. O jardim pode ser acedido através da Calçada do Monte, do Miradouro da Graça ou da Rua Damasceno Monteiro.

Jardim da Cerca da Graça

É um espaço particularmente aprazível, muito sereno, ideal para trazer as crianças. Dispõe de parque infantil, zona de merendas, um relvado central e ainda um quiosque com esplanada.

Jardim da Cerca da Graça

Localização/Entrada: Calçada do Monte; Miradouro da Graça; Rua Damasceno Monteiro, Lisboa

 

Jardim Botto Machado

Jardim Botto Machado/Feira da Ladra

É um pequeno jardim gradeado, situado no Campo de Santa Clara, junto ao Panteão Nacional e ao local da realização de uma das mais conhecidas feiras de Lisboa, a Feira da Ladra.

Foi construído em 1862, tem o nome do político republicano Pedro de Amaral Botto Machado mas é mais conhecido, pela população, como Jardim de Santa Clara.

Possui vários equipamentos de apoio: um parque infantil resguardado do sol, circuito de manutenção e quiosque com esplanada.

Jardim Botto Machado

Aqui a vista é essencialmente sobre o rio Tejo, onde se pode contemplar o movimento suave das embarcações.

Jardim Botto Machado

Sugerimos que visite a Feira que se realiza às 3ªs feiras e aos sábados e faça uma pausa com as suas crianças neste agradável e calmo jardim, um paraíso no meio da azáfama.

Localização/Entrada: Campo Santa Clara

 

Jardim Amália Rodrigues e Parque Eduardo VII

Jardim Amália Rodrigues

Apesar de o Jardim Amália Rodrigues não possuir parque infantil, não queremos deixar esta oportunidade de mostrar aos nossos leitores, uma das mais espantosas vistas de Lisboa.

Localizado numa área central e das mais altas da cidade, ocupa uma área de cerca de 6 hectares e consiste no prolongamento do famoso e mais antigo Parque Eduardo VII.

A sua situação privilegiada permite duas panorâmicas distintas opostas, sul e norte. A sul o centro histórico e o rio; a norte as Avenidas Novas e Benfica.

Jardim Amália Rodrigues

Este jardim foi inaugurado em 1996 com a designação de Alto do Parque e rebaptizado no ano 2000 em homenagem à famosa fadista.

A falta de equipamento lúdico não impede que leve as suas crianças para usufruir do silêncio que aqui impera e para as introduzir na prática de outras modalidades, como por exemplo, o Yoga ou o Tai Chi.

Mas se é indispensável um baloiço ou um escorrega para preencher o desejo das suas crianças, temos uma solução. Há um parque infantil onde a atracção é um slider e um barco pirata, bem perto, no lado ocidental do Parque Eduardo VII. Ali dispõem de um quiosque com esplanada e de um belo pavilhão com trepadeiras para descansar.

Parque Eduardo VII

Localização/Entrada: Alameda Cardeal Cerejeira

Siga as nossas propostas de parques e jardins para levar as crianças e apreciar a vista. Aproveite a companhia dos seus filhos e desfrute de mais algumas perspectivas desta maravilhosa cidade!

2 thoughts on “5 Parques e Jardins para Levar as Crianças e Apreciar a Vista

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

four × 2 =